População reclama de abandono da 'Estação Memória' em Ipatinga


População reclama de abandono da 'Estação Memória' em Ipatinga

Estação Memória Zeza Souto se tornou hoje abrigo para moradores de rua


Vários moradores de diversos bairros e especialmente do centro de Ipatinga enviaram mensagens ao Portal Minas reclamando do estado de abandono da Estação Memória Zeza Souto, localizada na rua Belo Horizonte, próximo aos cartórios na região central de Ipatinga.


O espaço, tombado pelo patrimônio histórico do município completou 90 anos de fundação neste ano de 2020.


Uma moradora da cidade encaminhou à nossa redação algumas imagens de como se encontra o local atualmente. O Portal Minas também esteve na estação onde ouviu alguns comerciantes que trabalham próximos ao local e e constatou a precária situação daquele espaço público, que atualmente tem sido utilizado para consumo e tráfico de drogas.



Um dos comerciantes, que pediu para que não fosse gravado áudio e vídeo, com medo de represálias de drogados e moradores de rua, disse que há meses este espaço público está nessa situação e que é comum os transeuntes presenciarem brigas, consumo de drogas e atos obscenos nesse local.


A Estação Memória Zeza Souto era até pouco tempo atrás um dos cartões postais da cidade e fica em frente a um cartório onde são realizados casamentos. Era comum os noivos se casarem e tirarem fotos neste local público que era considerado até pouco tempo um dos cartões postais da cidade.


@rogerionaweb - Portal Minas