Operação da Polícia Civil apura desvio de recursos na área de esporte em Santana do Paraíso



Uma denuncia do Ministério Público desencadeou em uma operação que foi realizada na tarde desta terça-feira (20) para apurar suposto desvio de recursos públicos nas escolinhas de futebol fomentadas pela prefeitura de Santana do Paraíso.


A Polícia Civil havia instaurado inquérito e estava já há 10 meses investigando irregularidades em um convênio celebrado entre a prefeitura e a Associação Esportiva e Social de Santana do Paraíso. O inquérito tramita sob segredo de justiça.


A entidade era a responsável por gerenciar o projeto "Bola na Rede" que funcionou na cidade por apenas alguns meses e já havia sido alvo de ficalização por parte de alguns vereadores da cidade.


C.R.D de 46 anos, um dos responsáveis pela entidade acabou sendo preso na operação. Ele foi localizado no centro da cidade e não resistiu à prisão 




Documentos foram apreendidos no prédio da prefeitura de Santana do Paraíso


Integrantes da Polícia Civil compareceram também no prédio da prefeitura de Santana do Paraíso e apreenderam diversos documentos que podem ajudar na investigação.


O delegado de Santana do Paraíso concedeu uma entrevista coletiva relatando detalhes (VER VÍDEO ACIMA)