Investigado por estuprar adolescente em Coração de Jesus é preso em Jaboticatubas

Investigado por estuprar adolescente em Coração de Jesus é preso em Jaboticatubas

A Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão preventiva contra um homem, de 33 anos, investigado por estuprar uma adolescente, de 17 anos, na zona rural de Coração de Jesus. Ele foi encontrado em Jaboticatubas, na região metropolitana de Belo Horizonte, nesse domingo (7), enquanto jogava sinuca com o tio. O crime foi no dia 15 de maio e a vítima foi encontrada por familiares desacordada em uma mata.


Segundo a Polícia Civil, ela tinha ferimentos na cabeça e apresentava sangramentos pelos ouvidos e nariz. A adolescente também estava sem blusa e com o short desabotoado. “Conforme apurado durante as investigações, na data dos fatos, o suspeito estava na companhia da vítima e dos familiares dela em um bar confraternizando. Durante a noite, a convite do investigado, a adolescente saiu de moto com ele, demorando em retornar. A mãe da adolescente ligou insistentemente para o telefone da filha e o suspeito atendeu. Ele disse que a menor estava desmaiada, dentro do mato, próximo de uma fazenda”, informou a PC por meio de nota.


Na época, a vítima foi socorrida em estado grave e levada para a Santa Casa de Montes Claros, onde permaneceu internada até o dia 29 de junho. Os familiares disseram à polícia que estavam sofrendo ameaças por parte do suspeito para não relatar os fatos para as autoridades.


Durante as investigações, o homem foi ouvido e disse ter mantido relações sexuais com a vítima com o consentimento dela. “O suspeito alegou ainda que quando estavam retornando para o bar a jovem caiu da moto e bateu com a cabeça. E, devido aos atritos com a família dela, resolveu deixar o local do acidente, por isso, não prestou socorro para a vítima”. Assim que retornou à consciência, a adolescente repassou informações aos policiais através de gestos porque estava com a fala prejudicada. “Ela prestou informações sobre os fatos ainda no hospital, através de um vídeo em que os policiais a questionavam sobre o fato e ela manifestava por gestos, concordando ou não. Durante o procedimento, ela informou que teria sido agredida pelo suspeito quando se negou a manter relações sexuais com ele.


Durante o ataque, a menor informou que foi agredida com murros na cabeça e desmaiou”, disse a PC. A Polícia Civil concluiu as investigações e o inquérito já foi encaminhado à Justiça. O homem foi indiciado por estupro e foi levado para o presídio Santa Luzia (MG). 


Share Whatsapp


2022-8-8 09:16 pm Cidades 2144 0 0