Gerente do tráfico de Mateus Leme é morto após atirar contra militares durante fuga

Gerente do tráfico de Mateus Leme é morto após atirar contra militares durante fuga

Um criminoso apontado como gerente do tráfico de drogas de Mateus Leme, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), morreu baleado durante troca de tiros com policiais militares do Grupo Especializado em Radiopatrulhamento (GER), do 2º Batalhão, na madrugada desta terça-feira (10). De acordo com a polícia, o traficante disparou contra os militares em uma estrada vicinal no povoado de Varginha.   


 O criminoso considerado de alta periculosidade foi identificado pela Polícia Militar (PM) como Marco Aurélio da Silva Neves, de 31 anos, mais conhecido como ‘Rick.’ De acordo com a corporação, ele tinha diversas passagens pela polícia incluindo um homicídio em 2011.   


 O batalhão recebeu informações de que Marco Aurélio estava aterrorizando os moradores da região com atividades do tráfico e atirando frequentemente em via pública. Militares foram até a região na noite dessa segunda-feira (9) e se depararam com o bandido em uma moto vermelha.  


A PM deu ordem de parada, mas o traficante acelerou para fugir. Em determinado momento, ele perdeu o controle da moto e caiu. No entanto, levantou e começou a correr e a atirar contra os policiais. Teve início uma intensa troca de tiros até que o criminoso caiu atingido. Os policiais prestaram socorro até uma Upa de Igarapé, mas o traficante não sobreviveu.  


Os militares apreenderam uma pistola calibre 9mm importada, onze cartuchos intactos e a moto usada na tentativa de fuga. O caso agora é acompanhado pela corregedoria da PM.   


2022-5-10 01:45 pm Cidades 11925 0 1