Mulher pede carona e diz que foi estuprada; caso aconteceu em Ipatinga


Mulher pede carona e diz que foi estuprada; caso aconteceu em Ipatinga

Na madrugada de domingo (21/04) uma mulher de 36 anos acionou a PM na avenida Sanitária Córrego Novo, em Ipatinga alegando ter sido estuprada por um homem de 41 anos. De acordo com a vítima  estava no Bar Altas Horas teve um atrito verbal com outras mulheres depois ela se retirou e pegou carona com o suspeito em um veículo Fiat Uno, cor prata.


Durante o trajeto, a mulher disse que praticou sexo oral com com o homem por que quis. Ele pediu para fazer com penetração vaginal, mas ela não consentiu. O autor então a estuprou. Após o ato autor a empurrou a vítima dentro do Ribeirão Ipanema e fugiu.


A vítima foi resgatada pelo SAMU e reclamava fortes dores nas pernas e socorrida ao HMC. Segundo familiares da mulher a mesma apresenta problemas mentais, mas não há declaração médica a respeito da condição dela. Militares em rastreamento localizaram e prenderam o suspeito na rua Jabuticatubas, em depoimento negou ter cometido o estupro, mas confirmou que esteve no bar e deu carona a suposta vítima e que no meio do caminho ela queria usar drogas.


As informações são do blog Plantão Policial