Homem matou o próprio filho para se vingar da ex-mulher



O Superpop continuou acompanhando o relato da mãe que perdeu o próprio filho por causa da obsessão do marido. Ele matou o próprio filho e se suicidou por não se conformar com o fim do relacionamento com a ex-mulher. Érika Kuasne conta a sua história para Luciana Gimenez.
Ela conta que ele ficou preso por 13 dias por tê-la agredido e tentado matar o próprio filho anteriormente. Mas quando ele saiu da cadeia eles acabaram retomando o relacionamento. "Eu tinha aquela dependência emocional", admite. No entanto, a violência psicológica prosseguiu e ela se separou dele, desta vez em definitivo.
Érika conta que a situação voltou a piorar quando o ex-marido viu que ela estava feliz e que não queria mais reatar o namoro. "Ele começou a ver que eu estava me levantando, me achando bonita. Ele veio falando: 'Quero conversar'. Conversamos no carro, mas ele ficou transtornado, me agrediu. Aquele dia eu achei que ia morrer".
Ela conseguiu escapar da morte, mas no dia seguinte o ex-marido foi atrás do filho. "Ele mandou mensagens, falando que ia fazer com o filho o que não conseguiu fazer comigo. Eu achei que era mais um blefe, até que ele me mostrou um vídeo com o Matheus". A última recordação da mãe foi um vídeo em que o filho dizia que estava com saudades e se despedindo. O pai atirou o carro contra uma carreta, matando a ele e o filho. "Os policiais só me confirmaram depois". #SuperPop

AJUDE A ENCONTRAR

Rede do Bem - Ajude a encontrar pessoas desaparecidas - 14/10/2019

Uma simples atitude sua pode ajudar a salvar vidas. Estas pessoas estão desaparecidas e as famílias desesperadas em busca de informações. Vamos ajudar a encontra-las 🙏🙏🙏

Posted by Rogério Anício on Monday, October 14, 2019