Bebê prematuro é encontrado no lixo do banheiro de hospital em Caetanópolis-MG


Bebê prematuro é encontrado no lixo do banheiro de hospital em Caetanópolis-MG

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) abriu inquérito para apurar o abandono de um bebê prematuro no lixo do banheiro do Hospital Dr. Pacífico Mascarenhas em Caetanópolis, Região Central de Minas. A ocorrência foi registrada na tarde dessa quinta-feira (19) pela Polícia Militar (PM).


Os policiais suspeitam de que a mãe da criança seja uma mulher de 37 anos, que esteve no hospital se queixando de dores abdominais. Antes de ser atendida, ela pediu para usar o banheiro. Depois da saída da paciente, a faxineira da unidade encontrou o bebê abandonado na lixeira, já sem vida. Uma médica constatou que se tratava de um feto do sexo masculino de seis meses e três semanas, com 1,3 Kg.


A suspeita negou que estivesse grávida, pois o marido teria passado por uma vasectomia. Aos médicos e à PM, ela alegou que foi ao banheiro sentindo dores na barriga e notou que algo havia saído de dentro de seu ventre, mas não quis olhar. Apenas descartou o "corpo estranho". Os profissionais de saúde, no entanto, submeteram a mulher a um teste de gravidez (Beta HCG) e o exame deu positivo. Ela também apresentava hemorragia.


A suposta gestante acabou internada no Hospital Nossa Senhora das Graças, em Sete Lagoas, para contenção do sangramento. O feto foi recolhido pela funerária de Caetanópolis.