Suspeito de assassinar PM da Rota em Santos-SP é preso em Uberlândia

Suspeito de assassinar PM da Rota em Santos-SP é preso em Uberlândia

Kaique Coutinho do Nascimento, conhecido como “Chip”, foi preso nesta quarta-feira (14) em Uberlândia, Minas Gerais, pela Polícia Militar. Ele é o principal suspeito de assassinar o soldado da Rota Samuel Wesley Cosmo, em Santos, no litoral de São Paulo, no dia 2 de fevereiro.


A informação foi confirmada pelo secretário de Segurança Pública de São Paulo, Guilherme Derrite, em suas redes sociais. “Recebi a informação de que nossos irmãos da Polícia Militar de Minas Gerais acabam prender o criminoso Kaique Coutinho do Nascimento, vulgo Chip, apontado como assassino do Soldado Cosmo. Obrigado aos policiais por essa importante prisão”, escreveu Derrite.


O policial foi baleado durante um patrulhamento na Praça José Lamacchia, no bairro Bom Retiro, em Santos, no último dia 2 de fevereiro. Mesmo sendo levado para a Santa Casa de Santos, não resistiu aos ferimentos e faleceu no local.


De acordo com informações da Polícia Militar de Minas Gerais, a corporação recebeu informações sobre tráfico de drogas nas proximidades do bairro Gávea Sul. Ao chegarem ao local indicado, os policiais encontraram dois homens, sendo um deles já conhecido pela polícia.


Ao ser abordado, Kaique apresentou um nome falso, porém, posteriormente, os policiais conseguiram verificar sua verdadeira identidade e constataram que havia um mandado de prisão expedido pela Justiça de São Paulo contra ele.


Durante a abordagem, foram apreendidos R$ 10 mil, cerca de 20 munições e porções de drogas. Além do mandado de prisão, Kaique e o outro indivíduo foram presos em flagrante por tráfico de drogas.


Após sua prisão, Kaique confessou aos policiais ter sido o responsável pela morte do soldado da ROTA. Ainda não há informações sobre sua transferência para São Paulo.


O assassinato do soldado Cosmo se junta a outros casos recentes de policiais mortos na região. No dia 26 de janeiro, o policial militar Marcelo Augusto da Silva foi morto na rodovia dos Imigrantes, na altura de Cubatão, enquanto retornava para casa de moto. Segundo a Polícia Civil, ele foi atingido por disparos na cabeça e no abdômen.


Já no dia 2 de fevereiro, o policial das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (ROTA), Samuel Wesley Cosmo, morreu durante um patrulhamento de rotina na Praça José Lamacchia, no bairro Bom Retiro, em Santos. Apesar dos esforços para socorrê-lo, ele não resistiu aos ferimentos.

Siga o Instagram do Portal Minas SEGUIR