Luto: O Brasil se despede de um dos maiores ídolos da música sertaneja

Luto: O Brasil se despede de um dos maiores ídolos da música sertaneja

O mundo da música caipira está de luto com o falecimento de Sebastião da Silva, conhecido como Caim, aos 80 anos. Formando metade da icônica dupla Caim e Abel, Sebastião deixou uma marca indelével na cultura musical do Brasil.


Caim e Abel conquistaram o estrelato ao vencerem um concurso nacional de violeiros nos anos 1960, tornando-se referências na música caipira brasileira.


Nascido em Monte Azul Paulista em 20 de janeiro de 1944, Caim mudou-se para Marília na infância. Desde cedo, sua paixão pela música caipira o levou a cantar, enquanto aprendia a arte do sapateiro na adolescência.


Ao lado de Abel, Caim influenciou gerações de artistas sertanejos e caipiras, deixando um legado que ecoa até os dias atuais.


Após a morte de Abel em 2011, Caim continuou sua trajetória musical com o projeto "Caim e Amigos". Além da música, ele se envolveu na política, sendo vereador em Marília entre 1993 e 1996, e atuou como radialista e apresentador.


O velório de Caim está sendo realizado em Marília, e seu sepultamento está previsto para esta sexta-feira, às 17h, no Cemitério da Saudade. O prefeito de Marília, Daniel Alonso, prestou homenagem ao artista, destacando sua importância na música brasileira.


A despedida de Caim marca uma perda irreparável para a música caipira, mas seu legado perdurará através das melodias e dos corações dos apaixonados por esse gênero tão especial.

Siga o Instagram do Portal Minas SEGUIR