Ex-pastora fatura alto em plataformas de conteúdo adulto após superar casamento abusivo

Ex-pastora fatura alto em plataformas de conteúdo adulto após superar casamento abusivo

Em uma reviravolta surpreendente, Ana Akiva, de 36 anos, outrora pastora em uma igreja evangélica no interior de São Paulo, decidiu mudar radicalmente sua trajetória de vida. Após enfrentar um casamento marcado por abusos e controle, Ana agora explora um novo caminho profissional em plataformas de conteúdo adulto, como Privacy e OnlyFans.


Ana relata a difícil realidade vivida ao lado de um líder religioso, que também era seu marido. "Ele me impedia de trabalhar e ter amizades. Minha vida girava em torno da família e da igreja. Viver ao lado de alguém que te diminui, te insulta e até cospe em você é devastador. Infelizmente, muitas mulheres enfrentam situações semelhantes em silêncio, especialmente dentro da igreja", desabafa.


Ela destaca a problemática dos abusos mascarados por discursos religiosos. "É alarmante como narcisistas se aproveitam da religião para abusar. Eles se escondem atrás de ensinamentos que pregam submissão e obediência, tornando a igreja um refúgio para suas ações. Por anos, tolerei os abusos acreditando ser meu dever", explica Ana.


Apesar da mudança de carreira, Ana mantém sua fé. "Minha relação com Deus permanece firme. Acredito que expressar minha sensualidade não me diminui como pessoa ou como filha de Deus. Por respeito, optei por me afastar da liderança eclesiástica e do título de pastora", esclarece.


Ana Akiva agora se aventura em um novo capítulo de sua vida, mostrando que a superação de um passado doloroso pode abrir portas para um futuro de autodescoberta e liberdade.

Participe da nossa enquete

Na sua opinião quem é o culpado pela dívida bilionária que quebrou o estado de Minas Gerais?
Resultados