Conselheiro da Usiminas, ex-presidente da FSFX e outros quatro são denunciados por lavagem de dinheiro


Conselheiro da Usiminas, ex-presidente da FSFX e outros quatro são denunciados por lavagem de dinheiro

A denuncia diz respeito de quando Luiz Carlos era presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Ipatinga (Sindipa).


O conselheiro da Usiminas, Luiz Carlos Miranda de Faria, o ex-presidente da Fundação São Francisco Xavier, Luis Márcio Araújo Ramos, e outros quatro foram denunciados pelo crime de lavagem de dinheiro. Segundo o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) de Ipatinga (MG) e o Ministério Público, foram desviados mais de R$ 2,3 milhões, enquanto Luiz Carlos era presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Ipatinga (Sindipa).


As informações foram divulgadas pelo G1 que teve acesso, com exclusividade, à denúncia apresentada à Justiça e que foi aceita pelo Juiz de Direito Luiz Flávio Ferreira.


De acordo com o documento, o conselheiro, na época presidente do Sindipa, manipulava acordos e convenções de trabalho com o intuito de “beneficiar” a siderúrgica. Ainda segundo a denúncia, em troca a Usiminas repassava dinheiro para o sindicalista através de falsos contratos de prestação de serviços pelo sindicato e através da Fundação São Francisco Xavier (FSFX), entidade controlada pela siderúrgica.


De acordo com o GAECO e o MPT, o ex-presidente da FSFX, Luis Márcio, foi o elo entre a Usiminas e Luiz Carlos. Além disso, outras quatro pessoas exerciam cargos de fachada no Sindipa e contribuíram para o esquema.


* com informações do G1