Morre quarta vítima da explosão na Gerdau em Ouro Branco

Morre quarta vítima da explosão na Gerdau em Ouro Branco

Bombeiros fazem resgaste das vítimas da explosão na Gerdau em Ouro Branco


Morreu, na tarde deste domingo (10), a  quarta vítima da explosão da coqueria da Gerdau, em Ouro Branco, na região Central de Minas Gerais. O acidente aconteceu no dia 15 de agosto e dois funcionários morreram na hora e dez ficaram feridos. Dois que tiveram ferimentos graves, faleceram em hospitais.


Segundo o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Ouro Branco, Raimundo Nonato Roque de Carvalho, a vítima que faleceu ontem era Levindo Costa de Carvalho Neto, 60, que estava internado no Hospital Felício Rocho em Belo Horizonte, desde a data do acidente. "Ele era um dos mais feridos, com o estado mais grave. Fui comunicado pela família que ele havia piorado nesta semana", disse.


Em nota, a Gerdau confirmou a morte do funcionário e disse que a empresa "segue prestando todo apoio à família da vítima". Segundo a empresa, no momento, há três feridos internados em hospitais de Belo Horizonte com quadro estável. Uma vítima que ainda não teve a identidade revelada teve alta na tarde deste domingo. Ele estava internado desde o dia 15 de agosto no hospital Materdei.   Neto era casado e deixa 3 filhos.  Fernando Alves Peixoto, de 40 anos, Cristiano Rodrigo Marcelino, de 35 e Sandro Barbosa Gomes de 40, também morreram devido ao acidente. 


Curta a página do Portal Minas no Facebook