Homens acusados de torturar e tatuar testa de adolescente podem ser liberados

Depois de três meses presos, os homens que tatuaram na testa de um adolescente a frase "Eu sou ladrão e vacilão" vão passar por uma audiência de custódia e podem ficar em liberdade. A vítima é um adolescente que teria tentado roubar a bicicleta de um deficiente físico. O rapaz já fez três sessões para remover a tatuagem e continua internado em clínica para dependentes químicos.

Curta a página do Portal Minas no Facebook