Ex-jogador do Atlético-MG é procurado por abusar da afilhada de 11 anos

Ex-jogador do Atlético-MG é procurado por abusar da afilhada de 11 anos

Jonathan Fabbro e Larissa Riquelme juntos


Está sendo veiculado em diversos jornais, tanto nacionais quanto internacionais, que o ex-meia do Atlético-MG, Jonathan Fabbro, é acusado de abuso à sua afilhada de 11 anos.


Atualmente o jogador defende o Lobos BUAP, da primeira divisão do México e teve uma ordem de prisão emitida pela Justiça argentina. A ordem é de caráter nacional e internacional, o que significa que Jonathan está sendo procurado pela Interpol.


Fabbro tem um relacionamento com a modelo Larissa Riquelme e está sendo investigado desde abril deste ano. Se condenado, o craque pode pegar até 20 anos de cadeia porque é acusado de obrigar a garota de 11 anos a fazer sexo oral e a enviar fotos comprometedoras a mesma.


Quem o acusa é o juiz Santiago Quian Zavalia que afirma que os abusos vêm ocorrendo desde 2012.


O prestigiado jornal argentino 'Clarín' entrevistou o advogado da vítima, Gastón Marano, que tem tudo registrado em áudios pelo irmão da vítima, que flagrou uma das conversas entre os dois.


O chefe da Interpol no Paraguai, Luis Arias afirmou o seguinte: "Fabbro é um cidadão procurado em 192 países após a notificação de captura com fins de extradição ao território argentino".


Provas


Além do registro do irmão da vítima (cujo nome é mantido em sigilo), há também contra Jonathan mensagens trocadas no WhatsApp, relatos da vítima e as perícias psicológicas. Todas as provas apontam para a certeza do crime, de acordo com o juiz Zavalia, supra citado.


O jogador


Jonathan Fabbro, tem 35 anos de idade, nasceu na Argentina, mas foi naturalizado paraguaio e teve sua carreira iniciada no Mallorca, da Espanha, e é considerado por muitos o melhor e mais completo jogador paraguaio.


É conhecidíssimo pelos seus lances de chute forte e livres de efeito, bem como por sua velocidade.


Ele já jogou por 7 países diferentes: Argentina, Colômbia, Espanha, Brasil, México, Chile e Paraguai e teve sua carreira iniciada em 1999, jogando para o Argentinos Juniors clube da Argentina.


Ele chegou ao Atlético em 2006 após passagens por Mallorca e Real Murcia, da Espanha, Boca Juniors-ARG, Once Caldas-COL e Dorados, do México. No Galo, ele disputou apenas quatro jogos e não marcou nenhum gol.


Apoio da namorada


Larissa Riquelmi saiu em defesa do namorado em todas as entrevistas que concedeu. Numa delas, para a rádio Rock and Pop, a modelo afirmou: "Pode ser o homem mais mentiroso do mundo, por seu histórico com milhares de mulheres,mas de jeito nenhum poderia machucar uma inocente. Ele ficou muito mal com tudo isso".


Curta a página do Portal Minas no Facebook