Com queda de Zé Ricardo, Mano Menezes se torna o treinador mais longevo da Série A

Com queda de Zé Ricardo, Mano Menezes se torna o treinador mais longevo da Série A

Com a queda de Zé Ricardo, que foi demitido pelo Flamengo após a derrota para o Vitória (2 a 0), na Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro, no último domingo, Mano Menezes passa a ser o treinador mais longevo da Série A.


O gaúcho está à frente da Raposa desde o dia 26 de julho de 2016, quando foi anunciado para assumir a vaga deixada pelo português Paulo Bento. Ele completou um ano no comando celeste na partida contra o Palmeiras, que garantiu o time nas semifinais da Copa do Brasil.


Zé Ricardo era treinador do Flamengo desde maio de 2016. Ele estava muito pressionado por causa do baixo rendimento do time rubro-negro, a despeito do investimento feito. O time carioca contratou jogadores de renome, como Éverton Ribeiro e Diego Alves.


Mano Menezes, por sua vez, também tem o trabalho contestado por parte da torcida. Aliás, essa é uma rotina dos treinadores brasileiros. O Cruzeiro fechou o turno do Brasileiro com apenas 47,4% de aproveitamento. A temporada é frustrante, com eliminação na Sul-Americana para o modesto Nacional-PAR e perda do Estadual para o maior rival, o Atlético. Resta a Copa do Brasil, já que está muito distante do Corinthians na tabela da Série A. A esquecida Primeira Liga não entrou no calendário da CBF.


Em Minas Gerais, o técnico mais longevo é Enderson Moreira. Ele está à frente do América desde o dia 20 de julho de 2016. O treinador americano recebeu propostas para deixar o comando do Coelho, mas preferiu permanecer. O time verde lidera a Série B.


Treinadores mais longevos da Série A



Mano Menezes - Cruzeiro - 26 de julho de 2016
Jair Ventura
- Botafogo - 13 de agosto de 2016
Claudinei Oliveira
- Avaí - 24 de agosto de 2016  
Renato Gaúcho - Grêmio - 18 de setembro de 2016
Abel Braga - Fluminense - 1 de dezembro de 2016
Fábio Carille - Corinthians - 22 de dezembro de 2016


Curta a página do Portal Minas no Facebook