TSE acelera julgamento de processos contra Bolsonaro para torná-lo inelegível

TSE acelera julgamento de processos contra Bolsonaro para torná-lo inelegível

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está empenhado em acelerar o julgamento de processos que podem tornar o ex presidente Jair Bolsonaro inelegível. De acordo com uma reportagem do jornal Folha de S. Paulo, a expectativa é que a análise esteja pronta até meados deste ano.


A pressa para finalizar esses processos tem relação com a aposentadoria do ministro Ricardo Lewandowski, que deixará o cargo em maio. Com a saída dele, entrará o ministro Kassio Nunes Marques, indicado ao Supremo por Bolsonaro, o que pode atrasar a votação.


Além das investigações que já tramitam no TSE e no Supremo Tribunal Federal (STF), a Advocacia Geral da União (AGU) está avaliando a possibilidade de abrir uma nova frente de investigações para verificar se houve uso indevido do cartão corporativo e da máquina pública.


A inelegibilidade de Jair Bolsonaro interessa diretamente ao PT, que planeja a reeleição do ex-presidente Lula em 2026.