Taubaté Vôlei fica sem chances contra o Cruzeiro

Taubaté Vôlei fica sem chances contra o Cruzeiro

O Taubaté Vôlei foi visitar o Cruzeiro no início da noite deste sábado e ficou evidente que ainda não está pronto para tentar desbancar o poderoso concorrente e líder disparado da Superliga. Uma derrota por 3 sets a 0 também custou a vice-liderança e duas posições.




Sada Cruzeiro


Antes de entrar em quadra pela 10ª rodada do primeiro turno, o Taubaté era o segundo colocado. Somando os mesmos 20 pontos do Sesi-São Paulo, tinha a vantagem de sete vitórias contra seis. O Cruzeiro, líder invicto, totalizava 26 pontos. E com chances de ultrapassar os taubateanos, o Campinas, com 19 pontos e o Montes Claros, tendo 18.


Antes do jogo do Taubaté no ginásio Riacho Grande, em Contagem, o Sesi já havia somado três pontos em uma visita ao Juiz de Fora e com vitória por 3 a 1. E o Campinas, pelo mesmo placar, também já contava com mais três pontos, fora, sobre o São Bernardo.


O Taubaté, ao perder por 3 a 0, não pontuou em Minas Gerais e desceu da segunda colocação, ultrapassado pelo Sesi e o Campinas. Na manhã deste domingo também correrá o risco de perder a quarta colocação para o Montes Claros.


No jogo


Com personalidade, o Taubaté tentou encarar o Cruzeiro e suportou uma pressão inicial. Mas o time mineiro, muito forte no ataque, foi embalando e deslanchou. No primeiro set, os cruzeirenses fizeram 25 a 17, em 22 minutos e 32 segundos.


Os taubateanos melhoraram o rendimento no segundo tempo, mas não o suficiente para equilibrar a partida. Quando o Cruzeiro chegou a um parcial de 21 a 15, encaminhou uma vitória final por 25 a 18.


Mantendo a evolução, o Taubaté equilibrou o terceiro set, que chegou a ficar empatado por 16 a 16. A igualdade persistiu em um 20 a 20 e o Cruzeiro sentiu. Uma virada pra 21 a 20 deixou os taubateanos mais confiantes. Os mineiros inverteram o placar para um 23 a 22. Lucas Lóh fez 23 a 23, mas o time da casa, em um 24 a 23, teve a primeira chance de fechar o set e o jogo.


O Taubaté empatou por 24 a 24 e também em 25 a 25. Os taubateanos tiveram a chance em um 26 a 25, mas o Cruzeiro igualou em 26 a 26. Os mineiros viraram e vieram igualdades por 27 a 27 e 28 a 28. Mas, erros taubateanos definiram a derrota por 30 a 28.


O Taubaté, do técnico Cezar Douglas, entrou com a mesma formação dos 3 a 1 anteriores sobre o Campinas, em casa: Rapha; Wallace, Otávio, Éder, Lucas Lóh, Lucarelli e líbero Mário Júnior. Começaram no banco: Renan, Danilo Gelinski, Kaio, Isbel Mesa, Vinícius, Nícolas e o líbero Matheus. Wallace e Éder enfrentaram o ex-time pela primeira vez.


O Cruzeiro, do técnico Marcelo Mendez, entrou com: William, Simón, Leal, Filipe, Isac, Evandro e o líbero Serginho. Começaram no banco: Alan, Fernando Cachopa, Rodriguinho, Leozinho, Eder Levi e o líbero Vanderson. O troféu Viva Vôlei, que é entregue ao melhor do jogo após eleição com os torcedores votando pela internet, ficou para Evandro.


Jogos e classificação


A nona rodada começou na quinta-feira, com o Canoas recebendo o Minas e vencendo por 3 a 1. Neste sábado, além dos jogos que tiveram vitória do Cruzeiro, Sesi e Campinas, uma partida estava programada para o final da noite, entre Bento Gonçalves e Maringá. No domingo, às 11h, a visita do Montes Claros será no Paraná, contra o Castro.


A classificação, sem os jogos Bento Gonçalves x Maringá e Castro x Montes Claros, ficou assim: 1º) Cruzeiro – 29 pontos; 2º) Sesi – 23; 3º) Campinas – 22; 4º) Taubaté – 20; 5º) Montes Claros – 19; 6º) Juiz de Fora – 16; 7º) Canoas – 12; 8º) Minas – 10; 9º) Bento Gonçalves e São Bernardo – 9; 11º) Maringá – 4 e 12º) Castro – 2.


A 11ª rodada, que será a última do ano, começará na segunda-feira, com Bento Gonçalves x Canoas (19h40). Na quarta-feira: Campinas x Cruzeiro (19h30), Sesi x Castro (19h), Montes Claros x Maringá (19h) e Minas x São Bernardo (19h). O Taubaté fechará a rodada na quinta-feira, dia 22, recebendo o Juiz de Fora, às 21h55.


Siga o Instagram do Portal Minas SEGUIR

Em Destaque