Serra do Cipó: fogo começa a ameaçar pousadas; comerciantes pedem socorro às autoridades


Serra do Cipó: fogo começa a ameaçar pousadas; comerciantes pedem socorro às autoridades

Moradores e comerciantes da Serra do Cipó temem que o fogo que consome o parque nacional há uma semana, se não for controlado, chegue nas próximas horas à área com maior número de residências, pousadas e restaurantes, que é frequentada pela maioria dos turistas.
 
O presidente da Associação Comercial da Serra do Cipó, André Jacque, conta que o fogo extrapolou a área do parque e já está chegando a áreas próximas, como por exemplo a Pousada do Elefante, que fica na região da Fazenda Palácio. Ele ressalta que a situação ainda não é de ameaça, mas faz um apelo às autoridades por mais ajuda.


“Existe uma linha grande de incêndio próximo ao distrito e ela deve chegar aqui à tarde ou talvez no dia seguinte, depende do vento. A gente precisa de mais ajuda. Estamos tentando ver se a gente consegue ajuda do governo federal, do governo estadual para aumentar o número de pessoas combatendo porque não existe uma previsão de chuva e, sem a chuva, esse combate apenas através de brigadistas fica muito difícil”, diz.


André Jacque diz que, embora a região mais movimentada do distrito ainda esteja preservada, há uma certa apreensão e o incômodo com as consequências da queimada. “Como a gente vê o fogo na montanha, muita gente vai ficar apreensiva sim, mas não é aquela situação de tão alto risco quanto a gente imaginou e tenha visto o passado. Pode ser que mude”, ressalta.


Mesmo com Parque Nacional da Serra do Cipó fechado por causa das queimadas na área, o turismo na região não teve impactos significativos. Ainda com restrições para hóspedes por causa da pandemia, as pousadas estão com bons resultados. O fato de as queimadas serem distantes do vilarejo pesa na chegada do turista. Pesa também o fato de que ao menos seis cachoeiras que estão localizadas em propriedades particulares, fora da área do parque, podem ser frequentadas.


2020-10-4 01:35 pm Minas Gerais 1268 0 0