Sem deixar opções ao governo, Tadeuzinho é escolhido como candidato único à presidência da Assembleia Legislativa de MG

Sem deixar opções ao governo, Tadeuzinho é escolhido como candidato único à presidência da Assembleia Legislativa de MG

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais terá um novo presidente. Após uma longa novela política, Tadeu Martins Leite (MDB) foi escolhido como candidato único ao comando do Legislativo estadual. O acordo foi fechado no final da tarde desta terça-feira (24), após encontro entre o emedebista e o governador Romeu Zema (Novo), além de articuladores políticos do governo.


Antes do acerto, o governo havia tentado outras opções para o comando da Assembleia, como Duarte Bechir (PSD) e Antônio Carlos Arantes (PL), mas devido à proximidade da eleição, nenhum dos nomes conseguiu alavancar apoio suficiente.


De acordo com o acordo selado entre Tadeu e o governo, o novo presidente da Assembleia não será oposição nem situação, mas também não auxiliará na busca por votos - essa tarefa caberá a interlocutores do Estado e aos líderes da base.


Além da presidência, outros cargos da Mesa também já estão alinhados. Arantes ficará com a 1ª Secretaria da Casa, enquanto a deputada Leninha (PT) será a 1ª vice-presidência. O bloco de oposição, composto por partidos de esquerda, indicará o titular da 2ª secretaria, provavelmente Betinho Pinto Coelho (PV).


Com a escolha do novo presidente, a discussão na Assembleia agora se volta para a composição das comissões temáticas da Casa. Os colegiados de Constituição e Justiça, Orçamento e Administração Pública são considerados prioridades pelo governo.