Santana do Paraíso poderá ganhar usina para a produção de biometano

Santana do Paraíso poderá ganhar usina para a produção de biometano

As medidas para incentivar a produção e o uso sustentável do biometano lançadas pelo governo federal através do programa Metano Zero prometem alavancar os investimentos em novas plantas no País, especialmente em Minas Gerais. É que o biometano, gás 100% renovável equivalente ao gás natural, é obtido pela purificação do biogás e o Estado já é referência na produção desse biocombustível para a produção de energia elétrica. 


Das 379 plantas de biogás existentes no Brasil, 173 estão instaladas em terras mineiras, uma delas em Santana do Paraíso.


A ENC Energy Brasil já estuda a possibilidade de agregar a produção do biometano em sua usina de biogás localizada no município de Santana do Paraíso, no Vale do Aço. Segundo o Diretor de Novos Negócios, Igor Urasaki, a inclusão do biocombustível gasoso já vinha sendo estudada, mas em alguns casos, como na unidade de Santana do Paraíso, era economicamente inviável. Agora, com as mudanças promovidas pelo programa Metano Zero, as conversões poderão ser realizadas.


Além da planta em Santa do Paraíso, a ENC também tem usina em Juiz de Fora, na Zona da Mata.


O biometano é um biocombustível gasoso obtido pela purificação do biogás, fonte energética renovável e ambientalmente sustentável que pode contribuir para a redução de resíduos, para a emissão de gases de efeito estufa, aumentar a segurança energética e fornecer energia limpa para diferentes fins. É utilizado na indústria ou nos transportes, em substituição ao GLP (gás de cozinha), óleo diesel e outros derivados de petróleo, como a gasolina. A redução de custos é da ordem de 30%.


2022-8-2 03:17 pm Cidades 1204 0 0