Romeu Zema convida ex-diretor da Globo para comandar a Cultura


Romeu Zema convida ex-diretor da Globo para comandar a Cultura

O ex-diretor da Globo Minas Marcelo Matte e o ex-presidente do grupo Fiat Chrysler na América Latina Cledorvino Belini podem fazer parte da gestão de Romeu Zema (Novo). Os nomes dos dois ganharam força e já são dados como certos nos bastidores do governo de Minas. De acordo com fontes na administração estadual, Matte deve assumir a área de cultura do Estado. Já Belini seria o indicado do governo para o comando da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig).

No dia 1º de janeiro, foi publicado no Diário Oficial “Minas Gerais” um ato do governador Romeu Zema designando o vice-governador Paulo Brant (Novo) como responsável pela pasta da Cultura no Estado. No entanto, Zema pretende acoplar a Cultura à Secretaria de Estado de Educação, e, assim, a pasta perderá o status de secretaria, funcionando como uma subsecretaria.

Marcelo Matte foi diretor regional da Globo Minas entre 1997 e janeiro de 2017. Antes, o gaúcho de Porto Alegre ocupou diversos cargos na emissora, na qual começou como repórter esportivo em 1979. Ele também teve passagens pelo jornal “O Globo”, do mesmo grupo de comunicação.

Já no caso da Codemig, ainda hoje presidida pelo engenheiro Marco Antônio Castello Branco, apesar do convite feito pelo governo, interlocutores próximos do ex-presidente da Fiat acham difícil que Belini, que comandou a companhia automotiva entre 2005 e 2015, aceite o convite para gerir a estatal. “Belini já me confidenciou que não pretende assumir nenhuma função que o ocupe full time. Por isso, não acredito que ele vá para a Codemig”, afirmou um empresário.

No último ano, a Codemig foi alvo de discussão na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). O ex-governador Fernando Pimentel (PT) dividiu a companhia, criando a Codemge. Enquanto a Codemig continuaria responsável pela extração do nióbio e poderia ser vendida, a nova empresa ficaria com os setores deficitários e seguiria nas mãos do Estado.

Também no ano passado, Pimentel enviou um projeto de lei para a ALMG propondo a venda de 49% das ações da Codemig. A proposta não só não foi aprovada como foi criticada tanto pela oposição quanto pela base. Considerando as declarações do governador Romeu Zema sobre a venda de estatais, não é difícil que esse tema volte à tona nesta gestão.

Agricultura. Ainda de acordo com informações de bastidores, Romeu Zema pretende unir a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater) à Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig).

Segundo a fonte, o governador teria feito o convite à reitora da Universidade Federal de Viçosa (UFV), Nilda de Fátima Ferreira Soares, para assumir o novo órgão. Na última quarta-feira, a reitora Nilda teria estado na Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) para uma reunião com a secretária da pasta, Ana Maria Soares Valentini.

Procurado pela imprensao governo de Minas, não confirmou nenhuma das nomeações e informou que as definições sobre os gestores que assumirão as diversas funções do governo estão em curso. Ainda em nota, afirmou que os órgãos estaduais vêm realizando análises amplas, minuciosas e criteriosas sobre a realidade financeira, fiscal e administrativa do Estado e declarou que o processo permanece em andamento.

DESAPARECIDOS MG

Rede do Bem - 17 de junho de 2019

Sua atitude pode salvar vidas. Hoje estamos trazendo mais 4 pessoas que se encontram desaparecidas em Minas Gerais neste exato momento. Caso reconheça alguma delas por favor faça contato com uma autoridade policial de sua cidade. #pessoasdesaparecidas #desaparecidosMG

Posted by Rogério Anício on Monday, June 17, 2019