"Responsáveis por Muzema são facínoras sem caráter", diz Boris Casoy | RedeTV News (19/09/19)



Após cinco meses, a polícia prendeu o principal suspeito de construir e vender os prédios que desabaram na Muzema, zona oeste do Rio de Janeiro. A tragédia deixou 24 mortos.

Avaliando o caso, Boris Casoy afirmou, nesta quinta-feira (19), que os "os responsáveis por essas obras são verdadeiros facínoras". "[Eles] não têm a menor consciência nem caráter", afirmou ele.

Boris ainda defendeu "uma pena prisão exemplar". "Mas aí a gente percebe que, infelizmente, nossa legislação criminal parece ter sido feita contra a sociedade, a favor da bandidagem e da corrupção".