Presidente iraniano diz que política americana é causa de insegurança


Presidente iraniano diz que política americana é causa de insegurança

O presidente do Irã, Hassan Rouhani, criticou a contínua política hostil de Washington em relação a Teerã, dizendo que ela é a causa do aumento das tensões militares entre seu país e os Estados Unidos.


A mensagem foi transmitida por Rouhani em conversa telefônica com o premiê britânico Boris Johnson, nessa quinta-feira (9).


O escritório presidencial do Irã informou que o presidente disse a Johnson que a recente situação de insegurança tem suas raízes na retirada de Washington do acordo nuclear e que a política americana é irracional.


O porta-voz de Boris Johnson afirmou que, durante a conversa por telefone, o premiê pediu o fim das hostilidades e destacou "o contínuo comprometimento do Reino Unido" com o tratado nuclear.


O presidente norte-americano, Donald Trump, aproveitou o discurso feito na quarta-feira (8) para expressar a esperança de que diminuam as tensões no Oriente Médio após o ataque de míssil pelo Irã a bases iraquianas que abrigam as forças lideradas pelos Estados Unidos. Teerã diz que o ataque foi uma retaliação pelo assassinato de um alto comandante iraniano, Qassem Soleimani, em Bagdá, na semana passada, por parte dos Estados Unidos.


Contudo, Trump descreveu o acordo nuclear de 2015 como "muito falho" e fez um apelo ao Reino Unido, à Alemanha, França, Rússia e China a juntarem esforços para criar um novo pacto.


O Irã espera melhorar as relações econômicas com países europeus e outras nações sob o atual acordo nuclear.


*Emissora pública de televisão do Japão