Prefeitura de Santa Luzia entra com pedido na Justiça para reabrir o comércio não essencial


Prefeitura de Santa Luzia entra com pedido na Justiça para reabrir o comércio não essencial

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais analisa o mandado de segurança ajuizado pela Prefeitura de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, que solicitou autonomia para a reabertura do comércio não essencial. 


Conforme o prefeito Christiano Xavier, caso a Justiça conceda a liminar em favor do município a abertura do comércio será de forma escalonada.


“Já que há uma redução na taxa de transmissão queremos fazer de forma muito consciente, muito responsável a abertura desse comércio para não gerar um massacre na classe trabalhadora da nossa cidade. Passa a ficar inconcebível esse fechamento, já faz um mês e o impacto está sendo muito negativo.”


Em relação ao sistema de saúde, o prefeito disse que a cidade tem fortalecido os hospitais, com a abertura de leitos.


“A gente fez a abertura de mais leitos de UTI, trocamos o cilindro do nosso hospital de 1 milhão e 100 para 2 milhões de litros de oxigênio, o que nos garante o abastecimento de uma forma confortável. Chegaram 10 respiradores novos para a gente abrir na próxima semana um novo hospital de campanha, com mais 60 leitos.”


Xavier disse que para a abertura do hospital de campanha só falta o recebimento dos insumos.


“Depende desses insumos que nós já adquirimos e que os fornecedores disseram que entregam até o início da semana [que vem]. Importante salientar que na semana passada nós já abrimos mais 23 leitos, já desafogando a portas de entrada de urgência e emergência das Unidades de Pronto Atendimento.”


2021-4-9 12:36 pm Cidades 180 0 0