Prefeitura confirma sexto caso de febre maculosa em Contagem


Prefeitura confirma sexto caso de febre maculosa em Contagem

Um sexto caso de febre maculosa foi confirmado pela Prefeitura de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, em balanço divulgado nesta sexta-feira (14). Até esta quinta-feira (13) eram cinco casos confirmados. 


Quatro pessoas morreram na cidade em decorrência da doença. Ao todo, são 54 notificações da febre maculosa. 


Nesta sexta-feira (14), casas da rua Primeiro de Maio receberam a aplicação de veneno por agentes da zoonoses para conter a doença.


A Defesa Civil também vai liberar a rua, interditada desde o dia 4 de junho. A liberação vai ocorrer devido a avaliações técnicas sobre a incidência de carrapatos na rua.


A prefeitura também deve terminar nesta sexta-feira o processo de aragem da terra e aplicação de cal. A ação no terreno onde houve a infestação já dura dez dias.
 


O de carrapaticida nos cavalos de carroceiros da regional Nacional continua. Dois ecopontos oferecem o serviço.  Os banhos devem ser realizados a cada 15 dias. O trabalho deve ser ofertado até agosto. Mais de 50 carroceiros já foram contemplados. 


O carrapato-estrela adquire a bactéria, causadora da febre maculosa, apenas de capivaras. Cavalos, cães, gatos e aves são hospedeiros do parasita e não amplificadores da doença.