Prefeito de Engenheiro Caldas tem arma apontada para cabeça durante festa de aniversário da cidade

Prefeito de Engenheiro Caldas tem arma apontada para cabeça durante festa de aniversário da cidade

Durante a celebração do 61º aniversário da cidade de Engenheiro Caldas, no Leste de Minas, o prefeito Samuel Dutra Júnior (PL) viveu momentos de terror ao ser feito refém por um homem de 29 anos, que tinha uma arma apontada para sua cabeça. O incidente ocorreu nas proximidades do quartel da Polícia Militar, na avenida João Pina do Amaral, na madrugada deste domingo (3).


A mãe do suspeito informou às autoridades que seu filho tem enfrentado problemas relacionados ao consumo excessivo de drogas e transtornos mentais, sugerindo a possibilidade de um surto psicótico que teria levado ao crime.


Os policiais, ao receberem a informação, se deslocaram até o local e encontraram o suspeito com o prefeito. Em uma ação coordenada, os militares isolaram a área, enquanto um tenente iniciou uma negociação para persuadir o suspeito a largar a arma e libertar o prefeito.


Durante o diálogo tenso, o suspeito alegou dificuldades enfrentadas por sua família e advertiu os policiais para não se aproximarem. Após alguns minutos, ele abaixou a arma, a colocou no chão e se deitou. Foi então algemado, permanecendo deitado, e conduzido para o quartel.


O suspeito, visivelmente agitado e possivelmente sob influência de álcool, sofreu uma lesão facial, sendo medicado e liberado em seguida. A arma utilizada revelou-se ser um simulacro, uma imitação de arma de fogo. O prefeito não sofreu ferimentos durante o incidente.


O relato do prefeito indica que o homem se aproximou na Praça Tiradentes, onde ocorriam as apresentações em comemoração ao aniversário da cidade, convidando-o para comparecer à delegacia. A situação levanta preocupações sobre a segurança em eventos públicos e destaca a necessidade de abordar questões relacionadas ao consumo de drogas e saúde mental na comunidade.

Siga o Instagram do Portal Minas SEGUIR