Polícia Civil afirma que ex-secretário de Cultura de Carmo do Rio Claro foi vítima de latrocínio


Polícia Civil afirma que ex-secretário de Cultura de Carmo do Rio Claro foi vítima de latrocínio

A Polícia Civil informou que a motivação da morte do ex-secretário de Cultura de Carmo do Rio Claro, Omar Nogueira, teria sido econômica. O caso foi registrado como latrocínio pelos policiais, quando o roubo é seguido de morte.


Omar foi encontrado morto dentro de casa com um lençol enrolado no pescoço nesta terça-feira (31). O motivo do crime foi descoberto durante as investigações. Segundo o delegado Roberto Fontes, o suspeito confessou o crime durante o interrogatório.


O homem foi preso na tarde desta quarta-feira (1º). A Polícia ainda não divulgou a identidade do suspeito, mas informou que ele tem 24 anos. O delegado não informou a quantia e o que foi roubado pelo suspeito. Ainda de acordo com o delegado, o jovem foi encaminhado para o presídio de Passos (MG).


O crime Ex-secretário de Cultura de Carmo do Rio Claro, Omar Nogueira é encontrado morto dentro de casa Polícia Civil O ex-secretário de Cultura de Carmo do Rio Claro (MG), Omar Nogueira de Oliveira, de 60 anos foi encontrado morto na noite desta terça-feira (31) dentro de sua casa com um lençol enrolado no pescoço. A Polícia Civil prendeu o suspeito pelo crime na tarde desta quarta-feira (1º).