Pleno do STJD mantém suspensão a Elias; Galdezani tem pena reduzida e está liberado

Pleno do STJD mantém suspensão a Elias; Galdezani tem pena reduzida e está liberado

O volante Elias não poderá defender o Atlético na partida diante do Corinthians, neste sábado, às 21h, em Itaquera, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em julgamento no Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), nesta sexta-feira, o jogador teve a punição de dois jogos mantida pelas declarações contra o árbitro Péricles Bassols após a derrota para o Palmeiras, no Allianz Parque, no dia 22 de julho, pelo Brasileirão.


Além da partida contra o Corinthians, Elias também está fora do jogo contra o São Paulo, marcado para a próxima quarta-feira, no Independência, pela 23ª rodada da competição nacional. O tribunal rejeitou reduzir a pena porque o volante possui uma condenação há menos de um ano.


Por outro lado, o Pleno do STJD reduziu a pena do volante Matheus Galdezani por considerar que o jogador não tem outra condenação nos últimos 12 meses. O atleta tinha sido suspenso por dois jogos por ter xingado Péricles Bassols após a derrota para o Palmeiras, segundo súmula do árbitro. Como já cumpriu uma partida, ele teria que ficar fora de mais uma. Em troca da partida de suspensão, foi estipulada uma multa de R$ 15 mil a ser paga pelo Atlético.


Prevendo que Elias seria suspenso, o Atlético sequer relacionou o volante para a viagem a São Paulo, na noite desta sexta-feira. Galdezani já estava com a delegação.

Participe da nossa enquete

Na sua opinião quem é o culpado pela dívida bilionária que quebrou o estado de Minas Gerais?
Resultados