Mulher que filmou briga de adolescentes é ameaçada em seu local de trabalho em João Pinheiro


Mulher que filmou briga de adolescentes é ameaçada em seu local de trabalho em João Pinheiro

Uma briga envolvendo três adolescentes que aconteceu no bairro Esplanada na segunda-feira (18) tomou outro rumo na madrugada desta quinta-feira (21). Um boletim de ocorrência de ameaça contra o pai de uma das adolescentes envolvidas foi registrado. O motivo da discussão seria as filmagens que a jovem de 19 anos realizou.


A jovem, irmã de uma das envolvidas, contou aos militares que filmou a briga, mas que já tinha apagado o vídeo. Contou, ainda, que o pai da adolescente agredida compareceu no seu local de trabalho e proferiu diversas ameaças contra ela em razão das filmagens e chegou a dizer para quem estava presente no local que ela deveria ser demitida.


A polícia foi chamada e a autora das filmagens, ora vítima das ameaças, registrou um boletim de ocorrência. Ela foi orientada pelos policiais a comparecer na delegacia para demais providências.


Relembre o caso


Uma jovem de 14 anos foi agredida por outras duas garotas, também menores de idade, na tarde da última segunda-feira (18), no bairro Esplanada em João Pinheiro. Segundo a vítima, uma mulher, irmã de uma das agressoras, registrou a ação em vídeo. Disse ainda que acredita que as agressões foram motivadas por ciúmes, já que ela tem um relacionamento com o ex-namorado das agressoras.


A adolescente agredida passava pela rua Hélio Mendonça, quando foi agredida por duas jovens, uma de 13 e outra de 15 anos. A vítima foi puxada pelos cabelos, foi jogada no chão e agredida com vários chutes e ponta pés. As agressões podem ter sido motivadas por ciúmes, já que a vítima tem um relacionamento com o ex-namorado das agressoras.


Durante as agressões, uma mulher, irmã de uma das agressoras apareceu e fez filmagens da cena. A vítima acredita que a mulher que registrou as agressões seja maior de idade. O boletim de ocorrências foi registrado para demais providências. A adolescente, vítima das agressões, não teve lesões aparentes.