Mulher é assassinada pelo ex-companheiro a caminho do trabalho



Durante anos, Náira denunciou Elercione várias vezes, por ameaças e agressões. Solto, ele cumpriu o que prometia. Na manhã desta segunda (9), em São Paulo, o criminoso disparou cerca de 14 tiros contra a ex-companheira. Em seguida, tentou tirar a própria vida. Elercione segue internado. Náira morreu com o papel da medida protetiva dentro da bolsa.

Nosso Whatsapp: https://cidadealerta.r7.com/whatsapp
Inscreva-se no canal Cidade Alerta: http://r7.com/0Fhv
Assista às íntegras no PlayPlus: https://www.playplus.com
Facebook: https://www.facebook.com/CidadeAlertaRecord/
Instagram: https://www.instagram.com/cidadealerta/
Twitter: https://twitter.com/cidadealerta
Site oficial: https://recordtv.r7.com/cidade-alerta

#CidadeAlerta #LuizBacci #Feminicídio