Mulher é assassinada pelo cunhado após ameaçar matar marido em Esmeraldas


Mulher é assassinada pelo cunhado após ameaçar matar marido em Esmeraldas

Uma mulher de 50 anos foi morta a tiros, nessa sexta-feira (11), pelo cunhado em Esmeraldas, na região metropolitana de Belo Horizonte. O crime aconteceu depois de um desentendimento entre a vítima e o companheiro.


Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o filho de Marli da Penha Barbosa contou que estava na horta do imóvel da família, localizada na Chácara Vinhático, quando escutou a mãe discutindo com o marido de 38 anos porque queria ir para uma cidade vizinha.


Diante da negativa do homem, ela ameaçou matá-lo. Ao ouvir a confusão, o cunhado de 52 anos disse: "se você matar meu irmão, te mato também". A mulher teria respondido: "você não tem coragem".


Nesse momento, o agressor pulou o muro e deu um tiro em direção ao chão. Mesmo com o cunhado armado, Marli teria dito: "se tiver coragem atira em mim". O suspeito deu três tiros no rosto, mão esquerda e axila da dona de casa, que morreu no local. 


O companheiro ainda tentou defendê-la, mas foi agredido com uma coronhada pelo irmão. Logo após, o atirador fugiu e ainda não foi localizado. O filho e marido de Marli foram levados para delegacia, onde prestaram esclarecimentos.


A ocorrência foi encerrada na delegacia de plantão da cidade.