Mulher é agredida e mantida em cárcere privado pelo namorado em Montalvânia


Mulher é agredida e mantida em cárcere privado pelo namorado em Montalvânia

Uma mulher, de 21 anos, foi agredida e mantida em cárcere privado pelo namorado em Montalvânia, no Norte de Minas. Ela foi encontrada pela polícia trancada no quarto de uma casa, que já estava sendo monitorada após denúncias de que o imóvel era usado para o tráfico de drogas.


“As investigações começaram há um mês e foi confirmado o tráfico. Nessa quarta, a PM recebeu uma nova denúncia pelo 190 informando que uma mulher era mantida em cárcere nesta mesma casa alvo das investigações”, informou o delegado Davdson Marcos dos Santos Lara.


Policiais civis e militares se deslocaram para o endereço e escutaram a mulher gritando por socorro.


“Chegamos no local por volta de 20h e ela foi trancada durante a tarde. A mulher estava com hematomas pelo corpo e contou que foi agredida com tapas e socos, depois de consumir uísque com o namorado”.


A polícia não encontrou garrafa da bebida na casa e suspeita que os dois estavam usando drogas no momento do desentendimento. O namorado confessou ter agredido a mulher após uma discussão.


Durante as buscas, foram apreendidos duas balanças, barras de maconha, frascos de lança perfume e cocaína. Um outro homem que estava no local foi preso por tráfico de drogas.


Segundo a Polícia Civil, o namorado da vítima vai responder por cárcere privado e tráfico de drogas. A mulher e os dois homens são de São Paulo e a suspeita é de que a casa foi alugada para vender os entorpecentes. O proprietário do imóvel não foi localizado.


Os presos foram encaminhados ao presídio de Manga. A mulher recebeu atendimento médico e foi liberada porque a polícia não encontrou indícios que comprovassem o envolvimento dela com o tráfico.