MP-SP denuncia Alckmin por improbidade e pede a suspensão dos direitos políticos

MP-SP denuncia Alckmin por improbidade e pede a suspensão dos direitos políticos

Candidato à Presidência pelo PSDB, o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, foi denunciado pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP), nesta quarta-feira, por improbidade administrativa, devido a irregularidades nas campanhas do tucano, em 2010 e 2014, ao governo paulista.


De acordo com o site Jota, ação acusa Alckmin de supostamente ter recebido R$ 10 milhões por meio do chamado caixa 2 da Odebrecht para as campanhas do ex-governador.


O MP pede a condenação do tucano com a perda dos valores ilicitamente acrescidos aos patrimônios, perda de eventual função pública e também a suspensão dos direitos políticos.

Participe da nossa enquete

Na sua opinião quem é o culpado pela dívida bilionária que quebrou o estado de Minas Gerais?
Resultados