Movimento de Advogados se posiciona contra reeleição de Rodrigo Pacheco à presidência do Senado

Movimento de Advogados se posiciona contra reeleição de Rodrigo Pacheco à presidência do Senado

O Movimento Advogados de Direita apresentou uma carta na qual se opõem à reeleição de Rodrigo Pacheco à presidência do Senado. O documento, que conta com mais de 5 mil signatários, argumenta que Pacheco tem sido omisso diante dos avanços do Judiciário contra o Legislativo e o Executivo, o que teria resultado em uma situação que eles consideram quase irreversível. Segundo os advogados, o país vive um "Estado de exceção" devido à inoperância de Pacheco.


O movimento alega que o Senado "perde credibilidade" com Pacheco como presidente, pois ele teria levado o Brasil a uma situação de insegurança jurídica. Eles defendem que a atuação firme e presente do Senado é essencial para que os entes públicos e a sociedade civil convivam de forma harmônica, sabendo que as políticas de Estado são legais e emanam da vontade popular.


O grupo pede que a votação para a presidência do Senado seja feita por meio de voto nominal aberto, para garantir a transparência necessária em um momento tão crucial para o futuro do país.