Mortes e desaparecimentos na Zona da Mata mobilizam equipes da polícia


Mortes e desaparecimentos na Zona da Mata mobilizam equipes da polícia

Segundo a Polícia Militar, até 9 horas da manhã deste sábado, 25/01, os seguintes casos de mortes e desaparecimentos por conta da enchente e de deslizamentos de barrancos nas cidades da região.


O 11º Batalhão de Polícia Militar informou que, em Alto Jequitibá, Córrego da Luanda , duas crianças estão desaparecidas. Foram levadas pela correnteza.


Em Santa Margarida, Córrego Cachoeirinha, Daniel Henrique de Souza, 50 anos, estava dentro de casa, quando houve deslizamento. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu.


Em Alto Caparaó, uma criança de três anos e o pai e mãe dela encontram-se desaparecidas depois que uma represa levou sua casa com a família dentro.


Em Pedra Bonita, morreu Marlene Aparecida Ferreira do Carmo, 34 anos. O marido contou que residem no Córrego do Café e estavam deslocando pela estrada na zona rural, quando houve um deslizamento de terra, vindo a cair sobre a vítima Marlene, que morreu.


Outros dois casos de soterramento com mortes em Pedra Bonita estão sendo apurados.


Em Luisburgo, no Córrego Pedra Dourada, um grande deslizamento de terra soterrou uma casa com duas pessoas. Sidney e seu filho Sidmar. O local está intransitável e não tem como chegar lá. Há possibilidade de terem morrido, mas não foi possível confirmar ainda.


Também estão sendo apuradas informações sobre mortes / desaparecimentos em Simonésia.