Moradores da cidade de São Francisco reclamam da falta de ambulância do SAMU

Moradores da cidade de São Francisco reclamam da falta de ambulância do SAMU

Moradores da cidade de São Francisco, no Norte de Minas, reclamam da falta de ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) na cidade. A cidade possui mais de 50 mil habitantes e, há cerca de um mês, segundos os moradores, o Samu não presta socorro aos pacientes que ligam para o 192.


“Eles relatam que a ambulância está quebrada e pede para darmos um jeito de irmos ao hospital. Toda vez que a gente liga, pedem para arrumarmos outro meio”, lamenta a servidora pública, Elisângela Soares da Silva.


O pai da servidora, de 65 anos, teve uma crise convulsiva há pouco mais de 15 dias. Elisângela conta que ligou para o Samu, mas não conseguiu o atendimento. “Foi em um sábado à noite e, mais uma vez, pediram para procurar outro meio de transporte. Porém, este tipo de crise requer um treinamento específico. Mesmo assim contei com a ajuda de vizinhos para conseguir socorrer meu pai”.


A situação se repete com outros pacientes do município. A auxiliar administrativo, Kênia Aguiar, sofreu um acidente com uma motocicleta no Bairro Eldorado, próximo ao cemitério. “Com o impacto da batida, tive escoriações nos braços e no pé. Fiquei desacordada, e até hoje tenho um ‘galo’ na cabeça”.


Kênia conta que foi socorrida por moradores que presenciaram o acidente. “Ainda não temos explicação de o porquê não está tendo ambulância na cidade”.


A assessoria de comunicação do Samu afirmou que a ambulância apresentou problemas mecânicos, foi 

Siga o Instagram do Portal Minas SEGUIR

Em Destaque