Mau cheiro toma conta da atmosfera em Ipatinga e fenômeno preocupa moradores


Mau cheiro toma conta da atmosfera em Ipatinga e fenômeno preocupa moradores

Moradores de Ipatinga reclamaram, no fim da noite de terça-feira (11), de um forte mau cheiro que tomou conta da atmosfera na região. Em alguns bairros o ar ficou quase irrespirável, segundo relatos.


Em mensagens publicadas, principalmente nas mídias sociais, pessoas relataram ardência nas narinas, dor de cabeça e náuseas.


Na UPA foram registradas ocorrências de pessoas que procuraram atendimento com problemas respiratórios.


Cidades vizinhas também foram atingidas


A área de abrangência do mau cheiro é maior do que se pensava inicialmente. Além de Timóteo, Coronel Fabriciano, Ipatinga e Santana do Paraíso, as quadro da RMVA, leitores relatam que também sentiram-se sufocados pelo mau cheio em Ipaba, no distrito de Revés do Belém (Bom Jesus do Galho) e até Pingo D’Água. “Estamos a mais de 40 quilômetros da área urbana do Vale do Aço e também fomos atingidos. Isso precisa ser apurado com muita seriedade”, escreve uma leitora em Pingo D'Água.


Orgãos ambientais tentam desvendar o mistério


A origem do forte odor ainda é um mistério e os órgãos ambientais da região já estão investigando o que pode ter ocasionado esse fenômeno.


Na manhã dessa quarta-feira será encaminhado pedido de informações às grandes empresas e órgãos de controle ambiental, numa tentativa de apurar a fonte causadora da poluição.


Usiminas 


Por meio de nota, enviada à imprensa regional na manhã dessa terça-feira, a Usiminas informa que recebeu questionamentos da comunidade no fim da noite de terça-feira (11), sobre o incômodo gerado por um mau cheiro em algumas cidades do Vale do Aço.


"Conforme procedimento acordado com a comunidade, imediatamente as equipes técnicas da empresa foram acionadas e realizaram a aferição no entorno da usina e não foi identificada a presença de nenhum tipo de gás. Em relação ao odor, a empresa esclarece que não é proveniente de nenhum processo siderúrgico. A Usiminas reitera seu compromisso de diálogo e transparência com a comunidade e permanece à disposição", conclui a nota.