Marginais que ameaçavam crianças na entrada e saída da escola em Espinosa são presos pela Polícia Civil

Marginais que ameaçavam crianças na entrada e saída da escola em Espinosa são presos pela Polícia Civil

Dois homens suspeitos de ameaçar crianças na entrada e saída da escola em Espinosa tiveram as prisões ratificadas pela Polícia Civil nesta quinta-feira (4). O delegado Eujecio Coutrim se baseou nos crimes de ameaça, perseguição, desobediência e violação de domicílio para mantê-los encarcerados. “Eles estavam ameaçando as crianças no período em que elas chegavam para as atividades escolares, bem como quando elas deixavam o educandário para ir embora para casa” explicou o delegado em informações divulgadas pela PCMG.


Ainda conforme a PCMG, os envolvidos são andarilhos e ameaçaram as crianças por um período de uma semana. Eles falavam palavras de baixo calão para os menores e intimidaram pais e responsáveis para que não acionassem a polícia.


No momento em que foram presos, os andarilhos portavam armas brancas, que, de acordo com o relato das vítimas, eram usadas no momento em que as ameaças eram proferidas. Os homens foram levados para o presídio de Monte Azul.