Maior queijo, doce de leite e queimadinha: Ipanema-MG entra mais uma vez para o livro dos recordes

Maior queijo, doce de leite e queimadinha: Ipanema-MG entra mais uma vez para o livro dos recordes

A cidade de Ipanema, na Zona da Mata mineira realizou no fim de semana, a sua 12ª edição da Festa do Queijo. A retomada do evento, que não ocorreu nos dois últimos anos por conta da pandemia, foi em grande estilo. Mais uma vez o município quebrou seus próprios recordes, apresentando, além do maior queijo minas padrão do mundo, o maior doce de leite e a maior queimadinha.



Queijo gigante pesou quase 2 toneladas e meia


As iguarias foram auditadas na tarde de sábado (18) pelo Rank Brasil, o Livro dos Recordes Brasileiro. Após a confirmação dos recordes, queijo e doce de leite desfilaram em carro aberto pelas ruas da cidade, chegando à praça central, onde um bule gigante com 1.200 litros de queimadinha já estava posicionado.

O queijo, fabricado pelo Laticínio Dois Irmãos, pesou 2.453 quilos garantindo mais uma vez o recorde de Maior Queijo Minas Padrão do Mundo para Ipanema. O recorde anterior, que pertencia também ao Laticínio Dois Irmãos e foi auditado no ano de 2019, era de 2.284 quilos.

O doce de leite da fábrica de doces Nhá Nair, garantiu mais um troféu para Ipanema. Pesando 873 quilos, contra 828 da última edição da festa, o doção entrou também para o livro dos recordes como o maior doce de leite do mundo.



Com 873 quilos, doce de leite da fábrica de doces Nhá Nair, garantiu mais um troféu para Ipanema


E não para por aí! O município registrou ainda um terceiro recorde, a maior queimadinha do mundo. A bebida, que é produzida com leite e açúcar queimado e foi preparada também pelo laticínio Dois Irmãos chegou a 1.200 litros, superando a marca anterior que era do laticínio Delbom, naquela oportunidade foram produzidos 1.150 litros.
Como já é tradição, os produtos são distribuídos gratuitamente no local do evento, que neste ano retornou à Praça Coronel Calhau, no centro da cidade.


 


A 12ª Festa do Queijo começou quinta-feira (16) e terminou no sábado (18). Além de shows regionais e de nível nacional, a celebração contou com uma praça de alimentação temática com produtos derivados do queijo, cursos de culinária de derivados do leite e ainda um concurso de queijo artesanal com os principais produtores da cidade e da região.


2022-6-21 12:15 am Minas Gerais 1409 0 0