Mãe vê garupa de moto atirando e grita para filho correr, mas ele acaba baleado em Porteirinha

Mãe vê garupa de moto atirando e grita para filho correr, mas ele acaba baleado em Porteirinha

Em Porteirinha, no último domingo (22), um homem de 33 anos foi vítima de uma tentativa de homicídio enquanto estava sentado na escadaria de uma igreja desativada na Rua Sebastião. O crime ocorreu quando uma motocicleta passou pelo local, e um dos dois ocupantes disparou duas vezes.


A mãe da vítima estava presente e testemunhou o incidente. Ela relatou à Polícia Militar que viu a motocicleta passando e um dos ocupantes efetuando os disparos. Assim que percebeu o que estava acontecendo, a mãe gritou para que seu filho fugisse. O veículo retornou, e mais dois tiros foram disparados. No entanto, a mulher não conseguiu fornecer informações sobre as características dos criminosos ou a placa da moto.


Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada pela PM e prestou os primeiros socorros ao homem ferido. Ele apresentava pelo menos três perfurações, duas na perna e uma na axila, além de uma fratura no fêmur. Após o atendimento no local, ele foi encaminhado para um hospital.


A Polícia Militar encontrou marcas de tiros no portão da casa da vítima, na porta da igreja e em imóveis vizinhos. Foram realizadas buscas, mas até o momento nenhum suspeito do crime foi detido. A investigação continua em curso para esclarecer as circunstâncias dessa tentativa de homicídio em Porteirinha.

Siga o Instagram do Portal Minas Seguir