Lula anuncia investimento de R$ 121,4 bilhões do Novo PAC em Minas Gerais

Lula anuncia investimento de R$ 121,4 bilhões do Novo PAC em Minas Gerais

Em um evento realizado nesta quinta-feira (08) em Belo Horizonte, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) apresentou um balanço das ações do governo federal em Minas Gerais e revelou novos investimentos substanciais. O destaque ficou para o aporte expressivo de R$ 121,4 bilhões provenientes do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).


Dentro desse montante, R$ 36,7 bilhões serão destinados a obras exclusivas no estado, enquanto R$ 84,8 bilhões beneficiarão empreendimentos regionais que abrangem Minas Gerais como um todo. Além desses recursos, Minas Gerais será contemplada com o PAC Seleções, que visa atender projetos prioritários apresentados por prefeitos e governadores em áreas cruciais como saúde, educação, infraestrutura social e urbana, e mobilidade, com previsão de R$ 65,5 bilhões em investimentos em todo o país na primeira etapa.


Durante o evento, Lula ressaltou que a escolha das obras e ações resulta do diálogo e da construção coletiva entre gestores federais, estaduais e municipais. Ele destacou a importância de uma abordagem colaborativa na definição das políticas públicas, afirmando que o anúncio reflete o compromisso com o bem-estar da população, independente de orientação partidária.


O presidente abordou a questão da descontinuidade de obras entre governos, criticando a prática de parar projetos importantes iniciados por gestões anteriores. Segundo ele, a qualidade da obra de um estado deve ser medida pelo conjunto das iniciativas realizadas, visando efetivamente a melhoria na qualidade de vida da população.


Dentre os anúncios do Novo PAC, destacam-se a retomada das obras do Hospital Universitário de Juiz de Fora, o acordo para uso futuro do terreno do aeroporto Carlos Prates, em Belo Horizonte, propostas de apoio a agricultores atingidos pela seca no norte do estado, e a criação de oito institutos federais.


O evento contou com a presença do governador de Minas Gerais, Romeu Zema, do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, diversos ministros de Estado, e outras autoridades. O mapa detalhado das obras no Novo PAC por estado está disponível na página da Casa Civil da Presidência, responsável pela coordenação do programa.

Participe da nossa enquete

Na sua opinião quem é o culpado pela dívida bilionária que quebrou o estado de Minas Gerais?
Resultados