Justiça de Minas aceita pedido de soltura, e ex-governador Eduardo Azeredo sairá da cadeira


Justiça de Minas aceita pedido de soltura, e ex-governador Eduardo Azeredo sairá da cadeira

O juiz Marcelo Lucas Pereira, da Vara de Execuções Penais da Comarca de Belo Horizonte, aceitou na tarde desta sexta-feira o pedido de soltura feito pela defesa do ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo (sem partido). Ele cumpria pena no batalhão do Corpo de Bombeiros no bairro Funcionários, na região Centro-Sul da capital mineira, e deve deixar o lugar ainda nesta sexta.


Azeredo foi preso no dia 23 de maio do ano passado e cumpre pena de 20 anos e um mês de prisão por peculato (uso indevido do dinheiro público) e lavagem de dinheiro no mensalão tucano. 


A soltura foi permitida depois da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de derrubar a possibilidade de prisão em segunda instância. O julgamento entendeu que um condenado tem direito de aguardar em liberdade a decisão definitiva da Justiça até o fim de todos os recursos.