Justiça de Minas Gerais determina prisão domiciliar para o empresário Marcos Valério


Justiça de Minas Gerais determina prisão domiciliar para o empresário Marcos Valério
O Tribunal de Justiça de Minas Gerais determinou nessa terça-feira (24) prisão domiciliar para o empresário Marcos Valério Fernandes de Souza, de 59 anos, devido a pandemia do coronavírus.

A reportagem teve acesso, em primeira mão, à decisão do desembargador Paulo Camon Nogueira da Gama, que determinou a transferência de Marcos Valério do regime semiaberto para a prisão domiciliar, no prazo de pelo menos 90 dias.


A decisão foi tomada em recurso da defesa, já que o pedido de transferência de regime havia sido negado em primeira instância.


Atualmente, Marcos Valério cumpre pena na Penitenciária Público-Privada em Ribeirão das Neves, na Grande BH. O publicitário foi condenado a 37 anos de prisão pelos crimes de corrupção ativa, peculato, evasão de divisas e lavagem de dinheiro. O empresário está na cadeia desde 2013.