Jovem violinista pode ter carreira prejudicada por falta de remédio

Jovem violinista pode ter carreira prejudicada por falta de remédio
A falta de um medicamento pode comprometer a saúde e prejudicar o futuro de uma jovem violinista que quer seguir a carreira na música. A garota foi diagnosticada com esclerose múltipla, já perdeu parte da visão e está há três semanas sem tomar o medicamento, que deveria ser disponibilizado, de graça, pelo SUS.

Assista ao Vídeo

Siga o Instagram do Portal Minas SEGUIR

De Olho no Fato