Japão registra recorde de queda do número de nascimentos em 2021

Japão registra recorde de queda do número de nascimentos em 2021

Pelo sexo ano seguido, o Japão registrou queda no número de nascimentos. No ano passado, o país atingiu um novo recorde: foram registrados 811.604 nascimentos de bebês, o número mais baixo contabilizado até então. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (3) pelo Ministério da Saúde do país asiático. 


O número alcançou o patamar antes da expectativa do Instituto Nacional de Pesquisas sobre População e Previdência Social (IPSS), que projetava que apenas em 2027 os números de nascimentos no país ficassem abaixo dos 815.000.


Ainda segundo o ministério, média da taxa de fecundidade caiu para 1,3 em 2021, uma queda de 1,3 em comparação com 2020. O ministério aponta que a taxa para que a população se mantenha é de 2,07.


A cidade que liderou o número da queda da taxa de fecundidade foi a capital, Tóquio, com 1,08. Em seguida, aparecem Miyagi com 1,15 e Hokkaido com 1,20. A cidade de Okinawa, por sua vez, teve a maior taxa de fecundidade, com 1,80. Ainda assim, está abaixo da expectativa do governo.