Incêndio na Califórnia causa a retirada de quase 8.000 pessoas de suas casas


Incêndio na Califórnia causa a retirada de quase 8.000 pessoas de suas casas

Milhares de bombeiros da Califórnia combatem neste domingo (2) um incêndio que ameaça moradores perto da cidade de San Bernardino, situada a uma centena de quilômetros de Los Angeles.


O chamado "Apple Fire", que foi declarado na tarde de sexta-feira, já devastou mais de 8.300 hectares no Cherry Valley e a floresta nacional de San Bernardino, no sul da Califórnia.


A fumaça produzida pelo incêndio era visível a vários quilômetros, o que gerou um alerta sobre a qualidade do ar na noite de sábado (1º).


Ao menos 2.600 residências e quase 7.800 pessoas tiveram que ser evacuadas.


Às 15h de Brasília (18h GMT), mais de 1.300 bombeiros, auxiliados por helicópteros e caminhões, estão mobilizados na área.


No começo da tarde, o fogo não estava contido e continuava avançando. No entanto, não se informou sobre vítimas e as perdas se limitam a dois imóveis e uma casa.


Espera-se que o incêndio continue fortemente ativo neste domingo, devido às altas temperaturas e à seca.


Uma investigação está em curso para determinar a origem do incêndio, que pode ser criminoso.