Idosos portadores de doenças crônicas morrem em Teófilo Otoni; exames vão verificar infecção por coronavírus, diz prefeitura


Idosos portadores de doenças crônicas morrem em Teófilo Otoni; exames vão verificar infecção por coronavírus, diz prefeitura

A Prefeitura de Teófilo Otoni investiga a morte de dois idosos por suspeita de coronavírus. Os pacientes eram portadores de doenças crônicas graves, como doenças coronárias, diabetes e câncer de próstata. Segundo o município, eles deram entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e morreram depois de apresentarem um quadro respiratório agudo grave.


A informação foi divulgada pela Prefeitura nessa terça-feira (31). Os idosos não estavam entre os casos suspeitos e foi feita coleta de material para exames.


Os casos ainda não foram notificados pela Secretaria Estadual de Saúde e nem pelo Ministério da Saúde.


Números
Além dos dois óbitos em investigação, o último boletim divulgado pelo município aponta 32 notificações, três casos foram descartados e há 27 casos suspeitos. No boletim do Estado constam 24 casos suspeitos.


Divergências são comuns devido ao grande volume de notificações e aos processos e fluxos estabelecidos por cada órgão.


Um hospital de campanha está sendo estruturado na cidade para atender pacientes com suspeita da Covid-19. O projeto será montado na pousada do Sesc, no Centro, cujo espaço foi cedido pela instituição para a prefeitura da cidade.