Idoso morre aguardando atendimento no Hospital de Coronel Fabriciano

Idoso morre aguardando atendimento no Hospital de Coronel Fabriciano

Na noite de segunda-feira (5), no Hospital José Maria de Morais, em Coronel Fabriciano, o idoso José Andrade de Amorim, de 77 anos, faleceu na cadeira de espera enquanto aguardava atendimento médico. A família relatou diversas tentativas frustradas de obter assistência para o idoso, que apresentava sintomas graves.


Ao chegar ao hospital às 17h20, o filho do paciente relatou que, após a triagem às 18h00, seu pai foi classificado como caso não urgente com uma pulseira verde. Apesar dos apelos por atendimento imediato e um leito para o idoso, a assistência não foi prestada a tempo, resultando na morte aproximadamente duas horas depois de sua chegada.


O diretor do hospital, Ernany de Oliveira Duque Junior, está conduzindo uma investigação para determinar se houve falha humana. A declaração de óbito apontou a hora da morte às 20h21, classificando a causa como "outras mortes súbitas de causa desconhecida".


Uma guarnição policial registrou a ocorrência, e o hospital assegurou que providências serão tomadas caso seja confirmada qualquer falha no procedimento.


A Prefeitura de Coronel Fabriciano emitiu uma nota de esclarecimento, informando que foi aberto um procedimento interno para apurar eventuais falhas no processo de atendimento e apuração de responsabilidades. O hospital lamentou profundamente a morte do Sr. J. A. A., solidarizando-se com a dor da família, e reafirmou o compromisso com a transparência e a qualidade no atendimento.


A situação evidencia a necessidade de investigação e revisão dos procedimentos para garantir a eficácia e a prontidão nos serviços de saúde.

Siga o Instagram do Portal Minas Seguir