Idoso, de 78 anos, morre atropelado na porta de casa em Pocrane

Idoso, de 78 anos, morre atropelado na porta de casa em Pocrane

 Um idoso morreu atropelado na porta da casa dele nesta quinta-feira (11), no Loteamento do Genadir em Pocrane. Pedro Alves Bahia, de 78 anos, estava encostado na porta do carro dele, quando foi atingido por outro carro que estava na frente do veículo, ligado, pronto para dar partida.


O motorista deste veículo, de 69 anos, é sobrinho da vítima. Ele contou aos policiais que iria levar a tia, mulher do senhor Pedro em uma consulta médica na cidade de Manhuaçu. Disse que estava dentro do veículo em frente a casa dele, com a tia se preparando para sair, aguardando a esposa dele fechar o portão da garagem. Em um determinado momento, ele foi ajudar a tia a colocar o cinto de segurança e acabou pisando no acelerador do carro, que é automático e estava com o câmbio da marcha na posição "RÉ". Nesse momento, o carro se movimentou para trás e ele não conseguiu parar o veículo mesmo acionando o freio de mão.


Até então, segundo o motorista, ele não tinha visto o tio atrás do carro em nenhum momento. Contou que virou o carro para não acertar o veículo do tio que estava atrás dele. Nesse momento a tia gritou dizendo que o senhor Pedro tinha sido atropelado e que ele estava embaixo do carro. Ele então arrancou o veículo para tirá-lo de cima do tio. Imediatamente eles chamaram o socorro, mas o idoso morreu na hora.


A mulher da vítima confirmou a versão do sobrinho. Disse que o veículo estava descontrolado, e que foi tudo muito rápido.


Segundo o boletim de ocorrência, os familiares ficaram em estado de choque depois do acidente, eles receberam atendimento médico no local. Uma equipe da perícia da polícia civil de Ipanema realizou os trabalhos de rotina. Foi constatado que a vítima teve afundamento da caixa torácica, uma lesão na cabeça e duas pernas quebradas.


Ainda de acordo com o BO, o motorista não apresentava nenhum sinal de embriaguez e ficou no local o tempo todo. O delegado de plantão orientou os policiais que não havia necessidade de condução imediata do condutor, devido ao estado em que ele se encontrava. Mas que, por meio de um inquérito ele iria ouvir posteriormente os envolvidos. 


Share Whatsapp


2022-8-12 08:02 pm Cidades 2787 0 0