Homem que matou mulher em Ipatinga é preso em Portugal, desembarca no Brasil e vai direto para a jaula

Homem que matou mulher em Ipatinga é preso em Portugal, desembarca no Brasil e vai direto para a jaula

O Ministério Público de Minas Gerais obteve sucesso na extradição de um homem que estava foragido da justiça de Ipatinga. Ele foi condenado por homicídio qualificado por motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima, uma mulher de 38 anos, em um crime ocorrido em 8 de julho de 2012, na Rua Anápolis, nº 60, no Bairro Veneza.


O réu recebeu uma sentença de 14 anos de prisão em regime fechado pelo homicídio, mas há mais de 10 anos estava evadido, refugiado em Portugal. A extradição do criminoso da Europa para o Brasil foi concluída em 9 de fevereiro deste ano. Após ser repatriado para Minas, em voo Lisboa/Confins, ele foi encaminhado ao complexo penitenciário Nelson Hungria, em Contagem, na região Metropolitana de Belo Horizonte, onde iniciou o cumprimento da pena.


Esta ação representa um importante passo na busca pela justiça e na responsabilização de indivíduos que cometem crimes graves, reafirmando o compromisso das autoridades em garantir a segurança e a integridade da sociedade.

Siga o Instagram do Portal Minas SEGUIR